Comissão organizadora da 2ª Cnater se reúne em Brasília

04/02/2016

A contagem regressiva para a etapa final da 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (2ª Cnater) já começou. De 31 de maio a 3 de junho, diversos representantes dos povos dos Campos, Águas e Florestas estarão reunidos para proporem políticas públicas voltadas ao rural brasileiro. Hoje (04/02), a Comissão Organizadora Nacional (CON) da 2ª Cnater esteve mais uma vez reunida, na sede do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em Brasília, para definir estratégias.

Segundo Elizete Maria da Silva, represente do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais (MMTR) e membro da CON, a reunião é um momento de fazer um balanço das etapas realizadas até aqui. “Estamos fazendo uma avaliação em todos os estados e queremos ver mais a participação de jovens, mulheres e Povos e Comunidades Tradicionais no processo”, convoca.

Ao todo, já foram realizadas 384 conferências de Ater pelo Brasil, entre municipais, territoriais e estaduais. Juntas, o público já soma 22.447 pessoas. Até a etapa nacional, a estimativa é que cerca de 40 mil pessoas tenham sido mobilizadas em todos os territórios da cidadania e de identidade no país.

De acordo com Rodrigo Amaral, secretário do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf), a reunião da CON é um espaço de amplo debate com os 20 representantes de diversas entidades da sociedade civil e governo, que deliberam sobre as ações da conferência. “Estamos aqui para avaliar e receber as contribuições da comissão organizadora. O intuito é aprimorar nosso processo de mobilização e participação social”, explica.

Mostra Cultural e Feira Agroecológica

Duas novidades vão fazer parte da programação da conferência, uma é uma feira de produtos agroecológicos, que deve reunir diversos alimentos saudáveis, além de artesanatos e oficinas para compartilhamento de experiências. A outra é a mostra cultural, que pretende trazer, em várias linguagens, 50 artistas do rural brasileiro, selecionados via chamada pública. A programação cultural e da feira será aberta ao público de Brasília.

A 2ª Cnater é uma realização do MDA, organizada pelo Condraf. A etapa nacional deve reunir cerca de mil pessoas de todos os estados e do Distrito Federal. Ao final do processo, será gerado um documento que vai nortear as políticas do MDA, além de estados e municípios pelos próximos anos. As ações devem ser pautadas na produção agroecológica e sustentável no contexto da agricultura familiar.

Texto: Condraf