Conferência da Borborema (PB) propõe formação contextualizada para agentes de Ater

18/01/2016

Na Paraíba, a Conferência Territorial de Ater da Borborema reuniu 93 participantes. Trinta propostas em três eixos diferentes foram aprovadas. A etapa, ocorrida em dezembro de 2015, antecede a estadual, prevista para dias 7 e 8 de abril de 2016, em Campina Grande. 

Os participantes propõem que seja uma exigência do edital de seleção dos agentes de Ater, de responsabilidade da Empresa de Ater (Emater-PB), que os profissionais tenham uma formação contextualizada para o Semiárido. Isso porque as práticas agroecológicas variam de acordo com cada região tanto por questões culturais, quanto pela questão climática, interferindo diretamente nos modos de produção.

Tecnologias sociais

Outra proposta aprovada pela plenária é a necessidade ampliar os programas sociais de estruturação das Unidades Produtivas Familiares, através das tecnologias sociais como implantação de cisternas e investimento em maquinarias para a agricultura familiar.

A mobilização é parte da 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (2ª Cnater), organizada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf).

Cobertura Colaborativa

Participe da Cobertura Colaborativa da 2ª Cnater. Envie as informações da sua conferência para o e-mail comunicacondraf@gmail.com. Envie fotos, propostas e relatos.

Texto: Condraf