Rondônia reúne 600 pessoas em conferências de Ater

23/12/2015

Entre os dias 1 e 18 de dezembro, os três Territórios da Cidadania e os quatro Territórios Rurais de Rondônia realizaram a Conferência Territorial de Assistência Técnica e Extensão Rural rumo à 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (2ª Cnater). Ao todo, 600 pessoas participaram.

A realização foi articulada pela Comissão Organizadora Estadual (COE), sob coordenação do Ministperio do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio de sua Delegacia Federal da Agricultura (DFDA) e do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (CEDRSS). Na ocasião, representantes da Secretaria de Agricultura (Seagri) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado (Emater/RO) estiveram presentes.

Agricultores, agricultoras, povos indígenas, comunidades tradicionais (quilombolas, pescadores, extrativistas, ribeirinhos), extencionistas de empresa pública e privada de Ater, convidados, observadores, representantes do poder público e dos movimentos sociais, entre eles Via Campesina, Movimento dos Pequenos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Associações, Cooperativas, Escola Família Agrícola entre outros participaram. As plenárias estavam representadas por homens, mulheres e jovens, conforme preconiza as orientações das comissões organizadoras e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf).

Foram dias de intensos debates, trocas culturais, musicais, de experiências e produtos agroecológicos. Durante as conferências, foram construídas mais de 500 propostas considerando os Eixos centrais e os transversais (gênero, juventude e povos/comunidades tradicionais). O resultado não poderia ser diferente, cada CTATER produziu 30 propostas prioritárias para a Conferência Estadual a ser realizada em abril de 2016. Foram eleitos e eleitas em torno de 200 delegadas e delegados à segunda CEATER.