Trabalhadores rurais participam de Conferências pelo Brasil

19/11/2015
Foto: Assentamento Santa Eliza, em Quixeramobim (CE)/MDA

A 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (2ª CNATER) ganha fôlego. Até o momento, foram realizadas 37 conferências territoriais e 14 conferências municipais, com a participação total de mais de três mil pessoas.

A etapa nacional acontece de 31 de maio a 3 de junho de 2016, em Brasília. O evento é organizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e a coordenado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf). As etapas que de novembro são as conferências territoriais municipais e intermunicipais.  De acordo com o secretário do Condraf, Rodrigo Amaral, elas são importantes porque dão voz a quem vive e trabalha no rural.

“Precisamos ouvir o agricultor, que é quem está, de fato, recebendo o serviço de Ater e tem todo um papel de, não só receber conhecimento, mas de também socializar o que sabe. Isso vai nos ajudar a chegar na etapa nacional com propostas que condizem com aquilo que está acontecendo nos territórios”, afirma.

A Conferência envolve representações das diversas instâncias de governo e da sociedade civil. Os debates têm como referência a Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pnater).

“Esse processo de diálogo ajuda a corrigir rumos e garantir que a Política seja, de fato, propícia a conseguirmos uma Ater que potencialize a produção de alimentos saudáveis”, destaca Amaral.

A cada etapa da Conferência, as propostas serão sistematizadas e encaminhadas para seguinte. Da etapa estadual, as contribuições serão levadas à Conferência Nacional, que vai aprovar e definir as prioridades para os próximos anos.

2ª CNATER

A 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural faz parte da estratégia de fortalecimento de espaços e formas de diálogo e participação social, que vem sendo desenvolvida nos últimos anos pelo Governo Federal. Será um espaço de debate para reafirmar e fortalecer a importância da participação social no processo de formulação das políticas públicas voltadas para o rural brasileiro.

Nesta edição, a CNATER traz o lema "Ater, agroecologia e alimentos saudáveis". O evento tem como um dos objetivos estabelecer estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da Ater pública e de qualidade aos agricultores e agricultoras familiares do Brasil, com o propósito de ampliar a produção de alimentos para todos.

>> Confira aqui o calendário das próximas conferências.

Tássia Navarro

Fonte: MDA